Proclamação da República

Ao trabalhar o tema Proclamação da República, ocorrida em 15 de novembro de 1888, estamos tratando do sonho de modernidade aspirado pela sociedade brasileira, que incluía os ideais de liberdade, ciência e democracia.
República foi o nome que o Brasil deu para a modernidade.[1]
 
Primeiras ideias
 
No final do Império, o anseio por uma cultura democrática e científica forjou o cenário social em que foram cultivadas as ideias sobre a república no Brasil, conjugando uma oposição ao passado (Império e Igreja) e a expectativa de um futuro que incluía os ideais de liberdade, progresso, ciência e democracia.
A propaganda foi fundamental para a assimilação de uma nova linguagem que estabeleceu entre monarquia e república uma relação dicotômica. À monarquia colavam-se termos como: tirania, soberania de um, chefe hereditário, sagrado e inimputável, privilégio, súditos, apatia, atraso, centralização, teologia. Em contraposição, à república somavam-se as ideias de liberdade, soberania popular, chefe eleito e responsável, talento ou mérito, cidadania, energia, progresso, federalismo, ciência.
Marcada por intensa politização da sociedade, a década de 1880 teve na rua do Ouvidor, no Rio de Janeiro, seu principal e mais querido cenário. É o que nos relata Rui Barbosa: “O aspecto da capital é inenarrável. [...] As ruas borbulham de alvoroto. A política invadiu todos os colóquios, emudeceu todas as preocupações”.[2]
O intenso movimento pró-república culminou no golpe de Estado que destituiu a monarquia e estabeleceu a república como forma de governo. Embora houvesse muitos republicanos civis no final do Império, a conspiração foi toda arquitetada por militares, mantendo os civis longe do processo. Benjamin Constant aparece como grande liderança da juventude militar que também frequentava a rua do Ouvidor na época.
Machado de Assis retrata a atitude da população fluminense no romance Esaú e Jacó, quando o pai das personagens constata: “a rua estava quieta”, mas conclui sagazmente: “havia espanto, mas não havia susto [...] ninguém sabia se a vitória do movimento era um bem, se um mal, apenas que era um fato”.[3]
Entendendo o regime republicano como uma necessidade histórica, a população da Corte não reagiu à Proclamação, ela simplesmente consentiu.
Muito resumidamente esse é o cenário no qual nasceu a República no Brasil. Para trabalhar com o tema em sala de aula, é importante mostrar aos alunos o sonho que embalava as ideias da república e o modo como ela se consolidou depois da Proclamação.
 
[1] A modernidade republicana. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-77042009000100002>. Acesso em: 22 out. 2014.[2]Barbosa, Rui. Queda do Império. In: Obras completas de Rui Barbosa. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Saúde, 1947, v. XVI, tomo 3, p. 243.

[3] Machado de Assis, Joaquim Maria. Esaú e Jacó. São Paulo: Globo, 1997, p. 135, 124 e 138.

Aproveite a oportunidade e trabalhe questões como:

  • - Será que a república trouxe para os brasileiros o sonho de desenvolvimento tão esperado?
  • - A negação dos valores do “passado” marcam ainda hoje nossa sociedade. Que prejuízos trazem para nossa cultura?
 Reflexão sobre valores

 O momento é propício para trabalhar valores como participação cidadã, preservação da cultura, das riquezas naturais, de nosso patrimônio histórico.

 Atividade coletiva

Prepare a Semana do Cinema. Selecione no Youtube os filmes da TV Escola relacionados ao Império e à República, da série 500 anos. Sugerimos que os alunos vejam:

  • - o episódio 8: 500 anos: O Brasil Império na TV – a abolição. Disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=lOYK1xDFiiU>. Acesso em: 22 out. 2014.
  • - o episódio 1: 500 anos O Brasil República na TV – essa gente brasileira. Disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=zXqS6qYzwJg&list=PLCA6F3AD9630CEDB4>. Acesso em: 22 out. 2014.
  • - o episódio 2: Questão social, caso de polícia. Disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=houQMTJZdCc&list=PLCA6F3AD9630CEDB4&index=2>. Acesso em: 22 out. 2014.
  • * Discuta com os alunos as questões apresentadas nos vídeos.
  • * Proponha uma pesquisa sobre os ideais do movimento republicano e compare-os com os dois episódios do vídeo que tratam da república recém-inaugurada. Esses ideais se realizaram?
  • * Converse com os alunos sobre o fato de que hoje somos uma república. Como se constitui nosso governo? Quem nos representa?
  • * Para finalizar os trabalhos, faça com os alunos uma visita virtual ao Palácio do Catete, Museu da República, para conhecer a história do Império e da República no Brasil. A visita virtual está disponível em:  <http://www.eravirtual.org/mrepublica_01_br>. Acesso em: 22 out. 2014.
Sistematizando
  • - Para finalizar, pergunte aos alunos como gostariam que fosse o Brasil. Depois, peça a eles que recortem imagens de revistas e construam um painel intitulado O Brasil dos nossos sonhos.
  • - Com imagens e textos, construa um painel intitulado A república com a qual sonhamos.
 Você sabia?

Ao deixar o Brasil, no dia 16 de novembro de 1888, dom Pedro II escreveu uma mensagem que dizia assim:

 À vista da representação escrita que me foi entregue hoje, às três horas da tarde, resolvo, cedendo ao império das circunstâncias, partir, com toda a minha família, para a Europa, deixando esta Pátria de nós tão estremecida, à qual me esforcei por dar constantes testemunhos de entranhado amor e dedicação, durante quase meio século que desempenhei o cargo de chefe de Estado. Ausentando-me, pois, com as pessoas de minha família, conservarei do Brasil a mais saudosa lembrança, fazendo os mais ardentes votos por sua grandeza e prosperidade.

 D. Pedro de Alcântara.

Petrópolis, 16 de novembro de 1889.

Disponível em: <http://www.museuhistoriconacional.com.br/mh-e-330m.htm>. Acesso em: 22 out. 2014.

Saiba mais
 
Proclamação da República. Disponível em:<http://www.escolakids.com/proclamacao-da-republica.htm>. Acesso em: 22 out. 2014.
 
Hino da Proclamação da República. Disponível em: <http://letras.com/hinos-marchas-militares/125144/>. Acesso em: 22 out. 2014.
 
A Proclamação da República para crianças. Disponível em: <http://www.canalkids.com.br/cultura/historia/republica.htm>. Acesso em: 22 out. 2014.
 
Tour pelo Museu da República. Disponível em: <http://www.eravirtual.org/mrepublica_01_br/>. Acesso em: 22 out. 2014.
 
Revista Ilustrada. Disponível em: <http://hemerotecadigital.bn.br/acervo-digital/revista-illustrada/332747>. Acesso em: 22 out. 2014.

 

Share this:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Digite seu nome, e-mail e um comentário.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>