Projeto A Fogueira

A fogueira
 
A internet é a nova ágora, com a vantagem dos debates realizados poderem ficar registrados e serem consultados a qualquer momento. A internet não veio apenas democratizar o acesso à informação, mas também a produção de conteúdo informativo. Em geral, o jovem já está integrado a essa nova forma de se comunicar. No entanto, é possível orientá-lo para que use todo seu potencial e o potencial da rede.
Com o intuito de orientar adolescentes na produção de material para internet, nasce o Projeto Fogueira. Alunos do 9º ano do Fundamental II ao 2º ano do Ensino Médio do Colégio Integral de Curitba (PR) participam do projeto sob a orientação da educomunicadora Patricia Melo. Apesar da orientação, o conteúdo, design e até mesmo o nome do projeto são de autoria dos alunos.
A ideia de Fogueira veio do ato de as pessoas se reunirem em torno dela para conversar, se aquecer. Isso tudo está contado no blog, que leva o nome do projeto, pelo, até então, aluno do 9º ano do fundamental, Enzo Merolli.
Projeto Fogueira foi idealizado para dar autonomia e protagonismo ao jovem em seu processo de aprendizagem e na compreensão de seu papel na sociedade. Uma das seções mais interessantes é uma coletânea de textos sobre preconceito produzidos pelos alunos, em que expõem seus pontos de vista sobre as violências, muitas vezes silenciosas, que ocorrem cotidianamente com aval da sociedade.
Patricia Melo é formada em Comunicação Social e há oito anos atua pela Educação. Nesse projeto, ela conta com a colaboração de Cátia Reis, educomunicadora e doutoranda pela UTFPR.
Quer ler o que essa galerinha está pensando e produzindo? Clique aqui e se surpreenda.
Share this:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Digite seu nome, e-mail e um comentário.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>