Leituras de criança

 Banner_Leitura2
 
Aberta ao improvável, a criança está apta a descobrir o prazer da leitura. Trata-se de um momento decisivo: é na infância que podemos ganhar ou perder – talvez para sempre – um leitor. Há livros que tentam colonizá-lo à força, impondo valores no pior estilo da “lição de moral” e se servindo de ilustrações hiper-realistas, como se a criança fosse incapaz de “entender” imagens abstratas ou alusivas, por isso mesmo familiares ao olhar imaginativo da infância.
Sem perder esse princípio de vista, para o próximo Dia da Criança as Edições SM indicam quatro livros. Todos comprometidos com o prazer de ler e com a criatividade infantil. Todos de rara delicadeza, num feliz casamento entre narrativa e ilustração.
Em Três coisas que eu gosto, ilustrado por Daniel Bueno, Tony Monti associa x-salada, história e abraço. O que é aparentemente inusitado nessa relação logo se torna pertinente ao olhar do autor: o sanduíche pode ser repartido num gesto de amizade, ouvir uma história pode alimentar nossa alma, retribuir um abraço pode ser o começo de uma história.
Em Selou e Maya/Maya e Selou, de Lara Meana, com ilustrações de María Pascual de la Torre, pode ser lido nos dois sentidos (isto é, o volume tem duas “frentes”), pois são duas histórias que se encontram no meio do livro: o menino Selou, no Senegal, que desperta de manhã imaginando o dia de diversões na savana, e que dormirá depois de gostosamente ouvir as histórias lidas pelo pai; e a menina Maya, do Brasil, que acorda imaginando as muitas viagens que, quando crescer, fará pelo mundo, mas sempre retornando para narrar as aventuras à mãe.
Quem tem medo de Virginia?, de Kyo Maclear e Isabelle Arsenault, é a narrativa em primeira pessoa de uma menina que tenta “curar” o terrível mau humor da irmã. Para isso, faz traquinagens, contempla a paisagem pela janela, usa e abusa da criatividade, inventando situações e mundos, até pinta na parede um jardim imaginário – que finalmente a irmã aceita habitar, recuperando a alegria.
Por fim, Asas de dragão, de Janaína Tokitaka, é um poético encontro de um casal de dragões – cada um vivia isoladamente em sua caverna, até que resolvem voar pelo mundo e encontrar seu par. Com ilustrações ao mesmo tempo exuberantes e delicadas, está repleto de alusões à cultura japonesa, devidamente explicadas.
Share this:
8 Comentários para Leituras de criança
  1. Regina Carvalho Calvo de Faveri Responder

    Olá,
    Sou professora de Ensino Fundamental e Superior e gostaria muito de receber alguns exemplares porque utilizo com os dois segmentos.

    Grata
    Regina

  2. Vera Lucia Cordeiro Bochenek Responder

    Gosto muito dos materiais e da literatura da SM. Nossos alunos usam SM na Língua Portuguesa do 1º ao 5 º ano.
    Preciso do telefone da Distribuidora SM de Curitiba. Teremos uma Feira do Livro e gostaria de tê-los presente nesta feira.
    Obrigada.
    Aguardo retorno.
    Vera Lúcia

  3. Maria de Lourdes Responder

    Muito sugestivo a relação de livros de literatura para presentear a garotada no dia das crianças.
    Parabéns!

  4. Dacilia Fatima Varela Martins Responder

    No meu trabalho como mediador da aprendizagem, utilizo muito a leitura. O livro Três coisas que eu gosto, gostei muito do contexto. Gosto de destacar a amizade, o amor, a solidariedade, pois penso que nossos adolescentes estão precisando resgatar alguns valores que ficaram perdidos no decorrer do tempo e com a evolução do mesmo.

  5. marilete Responder

    É muito importante que as crianças sejam inseridas no mundo mágico da leitura logo cedo. Pois somos responsáveis de formar leitores para o futuro de maneira prazerosa

  6. MCris Responder

    São livros instigantes, atraentes, que parecem realmente propiciar aqueles momentos em que prazer e leitura se tornam uma experiência compartilhada para as crianças e também para os seus adultos.

    [digo 'parecem' porque ainda não tive o prazer de encontrar nenhum deles, mas prometo que vou procurá-los]

    Obrigada pela dica!

  7. Referreira Responder

    Todos os dias utilizo a uma hora especial para a leitura, pois nossos pequeninos estão precisando resgatar valores que ficaram perdidos no decorrer dos tempos. Amo muito meus alunos, por isso leio todos os dias para eles. Eles merecem!!!!

  8. LOURIVAL FARIA Responder

    Ações que promovam a leitura infantil é sempre bem vindas.
    Sugerir livros como presente no dia da criança é uma excelente ideia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Digite seu nome, e-mail e um comentário.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>