Observar é ver mais e melhor

Desenhar é uma atividade que os alunos apreciam bastante. Um elemento importante no desenho é a linha e suas variações (espessura, movimento, direção etc.). Neste exercício, vamos agregar a ação de observar ao registro gráfico do desenho, para refletir sobre as diferenças e semelhanças que nos unem.

Primeiras ideias
A atividade começa com uma conversa com os alunos sobre o que é observar. Como é o olhar de um observador? Professor(a), escreva na lousa os comentários da turma para ampliar as possibilidades de compreensão do conceito observação. Por exemplo, para uma resposta do tipo “observar é olhar”, insista nas características desse “olhar”: não é um olhar comum, mas, sim, um tipo de olhar curioso e atento porque está à procura de detalhes e sutilezas. Na verdade, quando olhamos um objeto cuidadosamente, desaceleramos o olhar e começamos a pensar sobre o que estamos vendo. Com esse olhar interessado em ver mais, nossa percepção reconhece características e singularidades. Fazemos comparações, isto é, estabelecemos semelhanças e diferenças com o que já conhecemos. Assim, o olhar de sempre, rápido e passageiro, dá lugar ao olhar sensível e interessado, que de fato percebe o que vê e reflete sobre essa percepção. Imagine como é enriquecedor olhar o outro com olhos sensíveis e observadores. Essa é a proposta da atividade: observar os amigos da turma sob o ponto de vista da diversidade.

Atividade coletiva
Vamos convidar os alunos a aprimorarem o olhar observador, usando o tema cabelo, que de modo especial, pode revelar origens étnicas e escolhas estéticas pessoais. Solicite que escolham um colega para observar apenas as linhas dos fios de seu cabelo… Sentados em dupla, um aluno começa o desenho enquanto o outro, de costas, permanece como “modelo”. Depois as posições se invertem. Privilegie atitudes de respeito e concentração pessoal, evitando brincadeiras desnecessárias. Na folha de papel, com lápis grafite, colorido ou canetinha, convide-os para realizar desenhos de observação. Incentive o olhar atento para perceber os diferentes tipos de linhas: onduladas, retas, quebradas, ininterruptas, com cruzamentos, pequenos traços, geométricas, sinuosas, longas, curtas, lisas e curvas, entre tantas outras possibilidades desenhadas pelos fios de cabelo ou seus respectivos acessórios para prender ou modular os fios. As linhas podem ocupar todo o espaço do papel. Não é preciso desenhar rostos ou a figura humana completa. Estamos focando no detalhe para ver mais e melhor, lembra-se?

Refletindo sobre valores

Professor(a), valorize a observação da diversidade presente na turma e o jeito especial de cada um, expondo todos os desenhos no mural da sala. Será que conseguem se identificar através dos desenhos das linhas dos fios de cabelo? Incentive a opinião dos alunos sobre os desenhos e questione-os sobre as semelhanças e diferenças observadas no exercício. Pergunte aos alunos o que aprenderam sobre a ação de observar. Será que o olhar de cada um está mais atento, curioso e sensível para perceber as singularidades do outro? O que aprenderam sobre o amigo após a atividade? Que outros desdobramentos os alunos sugerem para observar, desenhar e valorizar a diversidade do grupo.

Sistematizando
O olhar sensível e observador é curioso, sempre interessado em ver mais e melhor, inclusive as singularidades presentes no grupo. Há outras situações na sala e na escola onde os alunos observaram a diversidade enriquecendo o grupo? Convide os alunos para narrarem essas experiências, comentando o que aprenderam uns com os outros. Essas narrativas podem aquecer a produção de textos sobre as diferenças e semelhanças que nos unem, ilustrados com os desenhos das linhas dos fios de cabelo.

Se possível, apresente a letra e a música Cabelo, composição de Jorge Benjor e Arnaldo Antunes, para terminar com alegria a observação de que somos iguais e diferentes ao mesmo tempo.

Crédito ilustração: Tania Ricci

Share this:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Digite seu nome, e-mail e um comentário.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>